Rodrigo Hilbert: O cara é a materialização de tudo que a gente quer num homem?

O cara é lindo? sim. O cara é talentoso? sim. O cara é a materialização de tudo que a gente quer num homem? depende… aliás, depende pra todas as perguntas anteriores…
O fato é que Rodrigo Hilbert tá na cena atualmente e com razão! O cara é amado e odiado, tudo junto e misturado, por homens e mulheres de todo esse Brazilsão de meu Deus! Alguns homens sentem inveja de ele ser tudo o que é e mais um pouco, projetam nele todo o ódio por ele ser algo que eles mesmos acham que nunca seriam capazes de ser! Onde já se viu cozinhar com maestria desse jeito? Construir o próprio forno? e ainda por cima fazer crochê (like a boss ainda por cima!)

Bonito, loiro, olho azul, rico, famoso, Global, chef de cozinha, lava e passa a roupa, lava a louça, é bom pai, marido da Fernanda Lima, e agora, como se toda desgraceira fosse pouca… fazendo crochê? Putz!

Gente, é sério. Não tenho conseguido lidar com o fato de dividir o mesmo país com esse ator. Me sinto uma mescla de Tiririca com Bruxa do 71 perto dele, saca? É lastimável!

Mano, acima dele só o Chuck Norris, assume!

Fernando Guifer
O cara é lindo, pra alguns né? Beleza é questão de ponto de vista, é um conceito extremamente subjetivo e o que pra uns é belo pra outros pode parecer feio…
O cara é talentoso, pra alguns né? Talento aparentemente não se discute mas com certeza tem caboco que faz grelha e forno a lenha bem melhor que ele… talento é prática, talento é exercício diário. talento é aprendido. e particularmente eu acho que o que mais chama a atenção no Rodrigo não é o fato de ele fazer um excelente forno, mas é o fato de ele fazer um forno e a pizza e o pão de mel, e ainda tricotar a toalha de mesa… é ou não é?
O cara é a materialização de tudo que a gente quer num homem? Depende… O que a gente quer num homem? Você já parou pra pensar nisso? O que nós, como sociedade queremos de um homem? O que nós, como mulheres, queremos de um homem? E o que os homens querem pra eles mesmos?
Queremos pais para os nossos filhos. Queremos homens exemplares, homens que se assumem como são, que não tem vergonha de sair com o filho no sling, que dividem as tarefas de casa com a gente, homens seguros de sua masculinidade. Homens que não precisam provar pros amigos que são homens. Homens que não precisam conquistar as gatinhas pra ser homens. Homens que simplesmente são.
É esse o homem que será um exemplo pros nossos filhos. Ele será o modelo de masculino que nossos meninos e meninas precisam ver para modelar, para admirar, para amar! Assim como todo adulto tem em si o lado masculino e o feminino (ainda que talvez em desequilíbrio) toda criança precisa de modelos claros do masculino e do feminino. Do homem e da mulher.
Crescendo com uma mãe amorosa, que cozinha bem, que é feliz no seu trabalho, que se sente bem com seu próprio corpo, as crianças terão um grande exemplo de mulher. E o mais importante nessa frase é a palavra “feliz”! Pouco importa se a mãe cozinha ou não, se trabalha fora ou dentro de casa, o que importa pra criança é que a mãe seja feliz! E é a mesma coisa pro pai! Pouco importa se o pai cozinha ou não, se ele trabalha fora ou não. o que importa para a criança é que o pai seja feliz! Pais e mães felizes geram crianças felizes!

“Receber elogios pelo fato de você cuidar do teu filho, da tua casa, dividir tarefas com a sua esposa… Eu não aceito esse rótulo de ‘Homão da Porra’ pelo simples fato de fazer isso”

Por fim, ele questionou por que pessoas como suas familiares, que trabalhavam fora, bordavam, cozinhavam, limpavam a casa e cuidavam dos filhos nunca foram chamadas de ‘Mulherão da Porra’.

Rodrigo Hilbert, Falando para o Saia Justa, do GNT
 
Vale a pena também:

 

 

  • Dany, quero
    Um deste pra mim!!!